Programa de Clínica Médica


ORIGEM

O programa de residência médica de clínica médica (PRM CM) encontra-se credenciado pela Comissão Nacional de Residência Médica sob o parecer número 796/2017.  O programa tem duração total de 02 anos e, no momento, disponibiliza seis vagas, seja para o primeiro ano, quanto seis vagas para o segundo ano.

A parte teórica do PRM CM se dá dentro do hospital diariamente, através das atividades de discussões clínicas e os “rounds”. Em 2018 o hospital inaugurou o centro de treinamento com simulação realística, a fim de aprimorar as habilidades técnicas dos colaboradores e residentes do hospital.

A parte prática do programa é dividida entre as unidades de internação do hospital, o rodízio nas especialidades (no hospital ou em unidades externas conforme convênios firmados) e no ambulatório supervisionado.

ORGANIZAÇÃO

1 – UNIDADES DE INTERNAÇÃO

As unidades de internação ou enfermarias são os quartos onde os pacientes permanecem enquanto internados no hospital para a realização do seu tratamento. Ao todo o hospital tem 150 leitos divididos entre paciente clínicos, cirúrgicos e de especialidades, incluindo as unidades fechadas.

Diariamente o médico residente é responsável pelo acompanhamento, sob a supervisão de um médico da equipe, dos pacientes. Nesse momento é de sua competência realizar todas as etapas de um processo de atendimento, como a anamnese, o exame físico, a evolução em prontuário, a realização da conduta compartilhada e por fim, a prescrição médica.

Os rounds são realizados diariamente com o objetivo de discutir hipóteses clínicas, organizar o plano de cuidados com a equipe multiprofissional e planejar o seguimento ao longo dos dias até a alta clínica.

2 – ESPECIALIDADES

Todos os médicos residentes, conforme o conteúdo programático exigido pelo Ministério da Educação e por isso obrigatório, realizam rodízios específicos nas seguintes especialidades: terapia intensiva, cardiologia, nefrologia, gastroenterologia, pneumologia. Há também um mês de rodizio opcional, em que o medico residente elege uma especialidade para acompanhar, onde queira, contanto que mesmo seja avaliado ao término do rodízio.

Nas especialidades os residentes acompanham os especialistas na sua rotina diária tanto dentro das unidades de internação quanto no ambulatório. Na unidade de terapia intensiva, inclusive, há oportunidade para que os médicos residentes possam realizar procedimentos sob atenta supervisão dos rotinas e plantonistas do setor, tais como punção venosa e arterial, intubação oro-traqueal e discussão sobre futilidade terapêutica.

3 – AMBULATÓRIO

O Hospital Silvestre, dentro da sua missão como hospital filantrópico, presta atendimento a pacientes do sistema público de saúde. Em um prédio anexo ao hospital, funciona o ambulatório ligado ao sistema de regulação do Estado. È através do serviço social que esses pacientes são agendados para consultas que serão realizadas pelos médicos residentes, sob a orientação de um supervisor da equipe de clínica médica do Hospital.

SESSÕES CLÍNICAS

A residência médica, apesar de ser um treinamento prático em serviço, obrigatoriamente tem uma parte teórica. Ela ocorre através de aulas e sessões clínicas e é parte fundamental do treinamento profissional do médico para consolidação de conceitos, organização do pensamento lógico do raciocínio clínico e ainda, auxilia no desenvolvimento formal de uma apresentação em público.

Durante a semana existem três sessões fixas: o clube de artigo, momento em que se discutem os principais artigos e revisões médicas publicadas; a sessão clínica geral do hospital, onde todos os profissionais da assistência hospitalar estão presentes. È uma atividade que contempla aulas teóricas, casos clínicos e por fim, induz a troca de experiências através dos casos práticos; a sessão de casos clínicos é a terceira atividade obrigatória, no qual os médicos residentes apresentam casos clínicos, práticos de sua rotina, avaliados na enfermaria para discussão de exame físico, exames laboratoriais e de imagem e manejo do paciente.

CENTRO DE SIMULAÇÃO REALÍSTICA

Inaugurado em março de 2018, o centro de simulação realística conta com um moderno simulador e materiais de última geração para o treinamento prático dos residentes. Esse novo método de ensino tem sido cada vez mais difundido na prática médica sendo uma ferramenta fundamental para o desenvolvimento de habilidades médicas. Num ambiente totalmente seguro o médico residente pode colocar em prática os conhecimentos adquiridos e observar como as condutas tomadas afetam a evolução do paciente.

PARCERIA COM UNIVERSIDADE DE LOMA LINDA

Localizado na cidade de Loma Linda, no condado de San Bernardino na Califórnia, encontra-se a universidade de Loma Linda. Uma faculdade de ciências da saúde da rede adventista do sétimo dia. Universidade de grande prestígio dentro dos Estados Unidos com diversos programas de residência médica e responsável por uma variedade de trabalhos científicos principalmente na área de alimentação saudável.

Desde 2017 o residente com melhor avaliação no seu primeiro ano tem a oportunidade de ficar um mês como observador em uma área de atuação da universidade com ajuda de custo do hospital.

PERÍODO DE INSCRIÇÃO:
DIVULGAREMOS EM BREVE

PARA MAIS INFORMAÇÕES:
(21) 3034-3000

IMPORTANTE:
Após pagamento da inscrição é necessário enviar e-mail com comprovante de pagamento e formulário de inscrição preenchido.